Hospitais universitários recebem R$ 37,5 milhões

Recursos do Ministério da Saúde vão reforçar atendimentos integrados ao Sistema Único de Saúde

O Ministério da Saúde repassou R$ 37,5 milhões para hospitais universitários de todo o País para que reforcem atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Os recursos já estão disponíveis e podem ser utilizados para qualificação da assistência e aumento do acesso da população aos serviços oferecidos.

Hospitais universitários recebem R$ 37,5 milhões

Programa de repasses

Os recursos federais foram liberados por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que começou em 2010. Até este ano, o programa já investiu R$ 2,6 bilhões nos 49 hospitais universitários. Com isso, as universidades mantenedoras desses estabelecimentos ganham maior capacidade orçamentária para estimular a oferta de ensino, pesquisa e atendimento de qualidade.

O dinheiro pode ser aplicado em pesquisas e na melhoria da qualidade da gestão e do atendimento e para reformas e aquisição de materiais médico-hospitalares.

Os valores são pagos pelo Ministério da Saúde em parcela única. Para receber o montante, as instituições universitárias devem comprovar o cumprimento das metas de qualidade relacionadas a porte e perfil de atendimento, capacidade de gestão, desenvolvimento de pesquisa e ensino e integração à rede do SUS. Os pagamentos foram efetuados pelo Fundo Nacional de Saúde no último dia 30 de junho.

De acordo com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, o montante vai permitir à população maior acesso aos serviços oferecidos pelas unidades e estruturação das suas atividades. “Os hospitais universitários têm a missão de ser um local de ensino ao mesmo tempo em que realizam procedimentos hospitalares e ambulatoriais. O repasse desses recursos vai qualificar os atendimentos e o conhecimento, resultando em maior qualidade e oferta de atendimentos pelo SUS”, destacou.

Atendimentos

Em 2015, foram realizados mais de 23 milhões de atendimentos ambulatoriais e internações pelos hospitais universitários do País, resultando em um investimento de R$ 828,3 milhões do Ministério da Saúde para o custeio desses serviços.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com