Hamilton é o mais rápido do primeiro dia de testes e Massa fica em terceiro

27 de fevereiro de 2017

Estadão Conteúdo

– Piloto inglês foi à pista somente na segunda parte da atividade, à tarde, e terminou com o melhor tempo da segunda-feira –

Barcelona – No que depender de Lewis Hamilton, a Fórmula 1 começará este ano do jeito que terminou os últimos três: com a Mercedes na frente. Pelo menos foi esta a impressão inicial deixada pelo piloto inglês, que liderou o primeiro dia de testes coletivos da categoria na pré-temporada, nesta segunda-feira, no Circuito da Catalunha, em Barcelona, na Espanha.

Hamilton foi à pista somente na segunda parte da atividade, à tarde, e terminou com o melhor tempo da segunda-feira, ao marcar 1min21s765, em uma das 73 voltas que deu no circuito. O inglês luta para recuperar a hegemonia na categoria, já que conquistou o título nas temporadas de 2014 e 2015, mas viu Nico Rosberg ser campeão em 2016, antes de se aposentar.

Hamilton também mostrou ter se adaptado bem ao novo regulamento técnico para 2017, que trouxe mudanças com o objetivo de, entre outras coisas, deixar os carros com maior aerodinâmica e aderência na pista. Para isso, as asas e pneus traseiros são mais largos este ano.

Depois de ser o mais rápido pela manhã, Sebastian Vettel terminou com o segundo melhor tempo do dia, ao marcar 1min21s878 na parte da tarde. O piloto alemão foi o que mais rodou neste primeiro teste, ao completar 128 voltas com a sua Ferrari, e havia cravado 1min22s791 na primeira sessão.

O segundo que mais rodou foi o brasileiro Felipe Massa. Depois de anunciar a aposentadoria e voltar atrás, por conta da saída do finlandês Valtteri Bottas para a Mercedes, o piloto completou 103 voltas na pista com a sua Williams e marcou seu melhor tempo à tarde, quando fez 1min22s076 e terminou como o terceiro mais rápido do dia.

Kevin Magnussen, da Haas, marcou 1min22s894 e foi quarto mais rápido, enquanto a quinta posição ficou com Daniel Ricciardo. O australiano tinha sido prejudicado pela manhã por conta de problemas com a sua Red Bull, que sofreu pane em um sensor, o que obrigou o piloto a abandonar a atividade matutina após completar somente quatro voltas. À tarde, no entanto, conseguiu rodar por 46 voltas e marcou 1min22s926.

Quem enfrentou problemas pela manhã e seguiu com dificuldades à tarde foi Fernando Alonso. A McLaren do espanhol apresentou defeitos no tanque de óleo, o que prejudicou a lubrificação do carro. Por diversas vezes, o piloto precisou voltar aos boxes, o que fez com que completasse somente 29 voltas, com 1min24s852 como seu melhor tempo, o décimo entre os 11 pilotos que foram à pista nesta segunda.

Este foi o primeiro dia de atividades de pré-temporada no circuito de Barcelona. No total, serão oito dias de testes, divididos entre duas sequências de quatro dias nesta e na próxima semanas. A temporada 2017 da Fórmula 1 começa oficialmente com o GP da Austrália, agendado para o dia 26 de março.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line