Halep e Pliskova vencem e duelam nas semifinais em Roland Garros

7 de junho de 2017

A checa Karolina Pliskova e a romena Simona Halep honraram a condição de principais cabeças de chave vivas no torneio feminino de Roland Garros e se classificaram nesta quarta-feira às semifinais do Grand Slam parisiense, fase em que vão se enfrentar por uma vaga na decisão. 

Número 4 do mundo, Halep avançou após salvar um match point da ucraniana Elina Svitolina, a sexta colocada no ranking da WTA, para superá-la, de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/6 (8/6) e 6/0. 

O duelo ficou marcado pela oscilação das tenistas, tanto que Halep chegou a estar perdendo o primeiro set por 5/0. A romena esboçou uma reação antes de cair por 6/3. Na segunda parcial, a recuperação, de fato, aconteceu, para evitar a sua eliminação em Roland Garros. 

Afinal, Halep perdia a parcial por 5/1, mas conseguiu levá-la para o tie-break, que ela venceu após desperdiçar quatro set points e salvar um match point. Svitolina, então, pareceu ter se abalado pela oportunidade desperdiçada, tanto que levou um "pneu" da romena no terceiro set. 

Assim, a ucraniana, que faz ótima temporada – soma 31 vitórias e quatro títulos -, desperdiçou a chance de se tornar a primeira ucraniana a se classificar às semifinais de um Grand Slam. 

Vice-campeã de Roland Garros em 2014, Halep está a uma vitória de igualar a sua melhor campanha em Paris. Para isso, terá que superar Pliskova. A número 3 do mundo se garantiu nas semifinais ao bater a francesa Caroline Garcia, a 27ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/3) e 6/4. 

Tendo uma final de Grand Slam no currículo – foi vice-campeã do US Open no ano passado -, Pliskova nunca havia ido além da segunda rodada em Roland Garros. Agora, porém, está a um passo da decisão e eliminou a última esperança francesa do torneio em Paris. 

A outra semifinal feminina de Roland Garros será entre a suíça Timea Bacsinszky e a letã Jelena Ostapenko, sendo que as duas partidas serão disputadas nesta quinta-feira. Mas independentemente de quem avançar à decisão, a chave feminina de Roland Garros terá uma campeã inédita. Além disso, nenhuma semifinalista possui títulos dos torneios do Grand Slam.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line