Governos do Brasil e da Tunísia ampliam parceria em turismo e comércio

21 de julho de 2018

Em visita à Tunísia, o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, participou hoje (21) da  8ª sessão do Conselho Empresarial Brasil-Tunísia e assinou acordos de cooperação nas áreas de turismo e empresarial. Também teve reuniões com o presidente da Tunísia,  Beji Caid Essebsi, o primeiro-ministro Youssef Chahed e o presidente da Assembleia de Representantes do Povo, Mohamed Ennaceur.

Nas reuniões, o chanceler brasileiro discutiu formas para promover o incremento do comércio bilateral e a cooperação técnica nas áreas de agricultura e de programas de desenvolvimento social, com ênfase no Cadastro Único dos programas sociais do governo brasileiro.

Ao se reunir com ministro dos Negócios Estrangeiros tunisiano, Khemaïes Jhinaoui, Aloysio Nunes e ele assinaram o acordo de cooperação e facilitação de investimentos. Ao final, foi definida a implementação de ações de cooperação na área do turismo, como capacitação profissional e promoção recíproca de destinos.

Durante a visita, representantes da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) assinaram acordo com o Centro de Promoção de Exportações da Tunísia, para promover e facilitar o intercâmbio de informações sobre o ambiente de negócios e os contatos entre empresários dos dois países.

A  Tunísia é o 7º principal destino das exportações brasileiras na África. A corrente de comércio bilateral em 2017 foi de US$ 337 milhões, com superávit brasileiro de US$ 286 milhões. No momento, os dois países discutem um acordo bilateral de cooperação e facilitação de investimentos (ACFI) e acordo de livre comércio entre o Mercosul e a Tunísia, que representarão importantes vetores da aproximação econômica entre os dois países.

Argélia

Da Tunísia, Aloysio Nunes segue para a Argélia para uma visita oficial de dois dias – amanhã (22) e segunda-feira (23). Há encontros marcados com o presidente argelino, Abdelaziz Bouteflika, e com o primeiro-ministro Ahmed Ouyahia, e o chanceler Abdelkader Messahel. A disposição é para ampliar e diversificar as relações bilaterais.

O chanceler brasileiro assistirá ainda a demonstrações da aeronave Embraer 190-E2, no aeroporto internacional Houari Boumédiène.

Brasil e Argélia mantêm projetos de cooperação técnica, com iniciativas nas áreas de saúde e de formação profissional. A Argélia é o segundo maior parceiro comercial brasileiro na África e no mundo árabe. Em 2017, o intercâmbio bilateral foi de US$ 3,499 bilhões.

 

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com