Governo realiza entrega do espaço cultural do Terreiro Casa Branca

A entrega da reforma do Espaço Cultural Vovó Conceição, no Terreiro Casa Branca, na Avenida Vasco da Gama, marcou a 14ª Feira de Saúde do terreiro, realizada neste sábado 24.

A reforma é parte do Edital de Matriz Africana, da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), que investiu R$ 171 mil na ação.

No espaço, são desenvolvidas atividades de formação como o Projeto Asó Orisa – Roupas de Santo, sempre com o viés na preservação da cultura de matriz africana. Atualmente, as atividades do Vovó Conceição beneficia cerca de 90 pessoas das comunidades do entorno do terreiro.

"Com a reforma, além de termos um espaço adequado para desenvolvermos nossas atividades de formação, temos também um espaço para divulgar e comercializar a nossa produção”, afirma Ekedi Sinha, que coordena o Vovó Conceição.

Presente na solenidade, o secretário do Trabalho e Esporte, Álvaro Gomes, destacou que “o objetivo do Edital, além de difundir e preservar as raízes culturais e a religiosidade de matriz africana, contribui com a melhoria de vida, gerando emprego e renda nas localidades beneficiadas”.

Apoio 

A Setre cedeu as barracas para a realização da Feira de Saúde e ofereceu os serviços de cadastramento e intermediação para o trabalho do SineBahia, além de um estande da Agenda Bahia do Trabalho Decente.

Considerado o maior do gênero firmado por um ente público no Brasil, o Edital de Matriz Africana da Setre, tem um investimento de R$ 9 milhões.

Lançada em março de 2014, a iniciativa oferece apoio institucional e técnico-financeiro a projetos apresentados por pessoas jurídicas de direito privado e sem fins lucrativos.

O edital recebeu 80 propostas e classificou 54 instituições não-governamentais (Ongs), sendo conveniadas 36 entidades. Os recursos são oriundos do Fundo de Combate e Erradicação à Pobreza (Funcep).


Outros destaques: