Florianópolis tem noite de ataques a bases policiais e intenso tiroteio

Florianópolis tem noite de ataques a bases policiais e intenso tiroteio Leo Munhoz/Agencia RBS

Delegacia localizada no bairro Saco dos Limões

Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

Ataques a tiros contra unidades policiais na Ilha, intensa troca de tiros no Continente entre criminosos e depois com a Polícia Militar geraram uma noite de terça-feira violenta em Florianópolis. As forças de segurança decretaram estado de alerta máximo.

Por volta das 22h, um grande número de viaturas da PM foi deslocado para a região do bairro Monte Cristo, no Continente. Os relatos preliminares de policiais são de que homens armados com coletes e armas foram vistos andando nas ruas das comunidades Novo Horizonte e Chico Mendes. Um deles portava arma longa.

Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

Uma viatura do 22º Batalhão da PM que foi para o local acabou sendo alvo dos bandidos e teve de recuar até a chegada do reforço da região, incluindo equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). De acordo com o comandante da 11ª Região, coronel Araújo Gomes, ao menos um criminoso foi baleado na troca de tiros com os policiais.

Antes, por volta das 20h30min, houve dois atentados a tiros na Ilha. O primeiro aconteceu na unidade do Choque da PM, na Agronômica, quando homens passaram atirando. Em seguida, menos de 20 minutos depois, foi a vez da 2ª Delegacia de Polícia do bairro Saco dos Limões ser alvejada.

— Eram dois homens em uma Twister branca que passaram atirando. Os tiros atingiram a parede da delegacia, ninguém ficou ferido — relatou a delegada Ester Coelho.

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Agencia RBS
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com