Fernando Scarpa: Sem bichos na política!

O Dia

– Brasília distribui corrupção que prolifera no clima seco, mas tem limites: revogaram a nomeação do foro privilegiado do ‘Gato Angorá’ –

Rio – O momento é delicioso, vale saborear. Parte do Judiciário contaminado por Curitiba age rápido, e os políticos cínicos se defendem diante das câmeras. O STF está com grande demanda de foro privilegiado, muitos clientes, a casa virou um reduto dos melhores meliantes. As transformações são significativas, apesar da teimosia na política. Brasília distribui corrupção que prolifera no clima seco, mas tem limites: revogaram a nomeação do foro privilegiado do ‘Gato Angorá’. Onde já se viu gato ser ministro, e ‘Lobo’, presidente da CCJ? Com o perdão dos animais, o povo não quer bichos na política.

A Chapa do Pezão esfriou, e Dornelles dançou. Caçados, esperneiam com fisionomia cômica, tentando dar credibilidade a declarações insustentáveis. Estranha mania de permanecer governando o estado falido e sem recursos. Pezão, saído de uma doença, deveria pensar na saúde, desocupar a cadeira e desfrutar a vida.

Cabral, Eike, Cunha e Palloci estão presos. Já Mantega, Mercadante, Lula, Renan, Jucá, Sarney, Serra, Temer e Vana ainda aproveitam a liberdade. Protegidos ou não, o certo é que todos estão citados em denúncias. Onde há fumaça, há fogo. Arriscam acabar dormindo em beliche frio, as excelências.

São muitos acontecimentos por segundo. A morte e o velório da ex-primeira-dama virou comício, natural nesse momento. Morreu em plena crise e inocente, não foi julgada. Ocorrência marcante, sem dolo, com certeza.

Os fatos são distorcidos para corroborar verdades inventadas. O cinismo domina as declarações imorais com pretensa seriedade, é de deixar o sujeito de boca aberta. Novos tempos, nada será como antes. A desmoralização das figuras que compõem o Estado é fato, pena eles não perceberem o grotesco. Desfigurados, se penduram no STF frágil, que arrisca afogar junto aos que nele se agarram.

Direita e esquerda, só no trânsito; os partidos tentam salvar seus membros a qualquer custo nesse momento histórico nunca visto. FHC testemunhou a favor de Lula, mas não rolou. Falou do seu instituto, afinal, ter um, é grana certa. Lobão pintou o cabelo para asumir o Senado e foi parar no posto médico com a pressão de Brasília. Vamos a mais essa semana agitada? Aguardando acontecimentos.

*Fernando Scarpa é psicanalista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com