Exército diz que Israel bombardeou instalação militar na Síria

7 de setembro de 2017

O Exército da Síria denunciou nesta quinta-feira (7) que aviões israelenses lançaram mísseis a partir do espaço aéreo libanês, que atingiram uma infraestrutura militar localizada na província central de Hama, causando a morte de duas pessoas. As informações são da agência EFE.

A agência oficial de notícias síria Sana informou que os aviões “inimigos” de Israel lançaram nesta madrugada “vários mísseis” contra uma posição militar localizada perto de Masiaf, no sudoeste de Hama, segundo um comunicado do Comando das Forças Armadas síria.

Além da morte de dois “elementos”, o ataque também causou danos materiais na instalação militar, afirmou a fonte.

O exército advertiu sobre as consequências “perigosas destes atos violentos sobre a segurança e estabilidade da região”.

A nota diz que este ato insiste no “apoio direto de Israel ao Estado Islâmico e a outras organizações terroristas”

A fonte acrescentou que esta agressão aconteceu em “uma tentativa desesperada” de “elevar a moral dos grupos da organização terrorista EI, que está entrando em colapso após as vitórias conseguidas pelo exército sírio árabe contra o terrorismo”.

Por último, as Forças Armadas argumentaram que não importa de onde venha o apoio, já que eliminarão “o terrorismo de todo o território” sírio.

No final de junho, início de julho, Israel bombardeou posições sírias, em resposta a tiros de mísseis sírios que caíram no norte das Colinas de Golã, ocupadas por Israel desde 1967.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line