Estivadores aprovam greve de 72 horas no Porto de Santos

Em assembleia realizada hoje (26), estivadores decidiram deflagrar uma greve de três dias no Porto de Santos, no litoral paulista. A greve ocorrerá nos dias 1º, 2 e 3 de agosto, nos terminais de contêineres. Na quarta-feira, a greve vai afetar todo o porto por seis horas.

Segundo o Sindicato dos Estivadores de Santos, São Vicente, Guarujá e Cubatão (Sindiestiva), não houve acordo com o Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo (Sopesp). Os trabalhadores reivindicam, entre outras coisas, o pagamento de R$ 1 mil por estivador no período trabalhado.

De acordo com Sandro Olímpio da Silva, diretor de imprensa do Sindicato dos Estivadores, a Sopesp não apresentou contraproposta às reivindicações dos trabalhadores, que tem data-base em março. “E ainda querem retirar direitos da convenção coletiva”, disse ele. “Estamos desde março com a intenção de negociar seriamente e agora os patrões aparecem com essa ideia de deixar para o ano que vem o que deve ser resolvido agora. Diante disso, a saída é a greve”, disse ele, em nota.

A Agência Brasil procurou a Sopesp para comentar sobre a aprovação da greve, mas não obteve sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com