Em 2017, auxílio por acidentes e doença somaram R$ 544,2 milhões em SP

Em 2017, os trabalhadores afastados por doença ou acidentes de trabalho no estado de São Paulo receberam R$ 544,2 milhões em benefícios. Segundo o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o número de empregados que recebem auxílio doença devido a acidentes variou entre 29,8 mil em janeiro do ano passado e 23,6 mil em dezembro.

Ao longo de 2017, foram concedidos 50,5 mil benefícios a acidentados e adoecidos em todo o estado. As fraturas do punho e da mão foram a maior causa desses afastamentos, com 7,5 mil casos. Além das fraturas, há ainda os ferimentos nessa região, que somam 1,4 mil ocorrências e as amputações da mão, 1,2 mil. Foram registradas ainda 3,4 mil fraturas do antebraço. As fraturas da perna, pé e tornozelo somaram 8,5 mil casos. Em todo o país, foram 196,7 mil afastamentos por problemas de saúde relacionados ao trabalho.

Construção civil

Construção civil é a área com mais acidentes de trabalho em São Paulo (Arquivo/Agência Brasil)

Somado com as aposentadorias por invalidez, o INSS desembolsou R$ 1,6 bilhão em 2017 para trabalhadores vítimas de doenças ou acidentes de trabalho em São Paulo. Em dezembro eram 50,3 mil beneficiários nessa situação no estado.

Ambiente de trabalho

São Paulo foi, em 2017, o estado com o maior número de autuações por não cumprimento das normas de segurança, representando 15,54% do total. Das 78,3 mil autuações aplicadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego ao longo do ano, 12,2 mil foram em empresas paulistas, atingindo 3,3 mil estabelecimentos.

A norma mais desrespeitada, com 2,6 mil registros, é a que estabelece a implementação de sistemas de segurança na indústria da construção. Até abril deste ano, já foram registrados mais de 1,5 mil casos em desacordo com a regra. Em 2018, o Ministério do Trabalho autuou, até o momento, 1,4 mil empresas paulistas, somando 5,4 mil autos de infração.

Nacionalmente, a norma que tem mais casos de descumprimento é a da implementação do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, responsável por 47,9% das autuações em 2017 e por 44,3% das registradas nos quatro primeiros meses deste ano.

Segundo o diretor de Saúde e Segurança do MTE, Kleber Araújo, as infrações mostram que as empresas têm problemas no planejamento em relação a segurança dos funcionários. “Só com uma gestão eficiente é possível identificar o risco e fazer esse controle. Se você não faz essa gestão eficientemente você pode ter um empregado exposto a um risco que não foi identificado ou que foi identificado ou não foi controlado”, avaliou.

Para ele, os números de afastamentos e adoecimentos estão diretamente ligados aos cuidados no ambiente laboral. “Reflexo de uma condição insegura de trabalho”, enfatizou.

Sobre o setor da construção civil, que lidera as autuações em São Paulo, Araújo disse que o ministério tem um foco especial no trabalho que envolve altura. “É um setor econômico que merece uma atenção destacada porque nós temos muito acidentes com queda. Tanto quedas de pessoas, quanto queda de materiais sobre as pessoas”.

O vice-presidente de Responsabilidade Social do Sindicato da Construção Civil de São Paulo (Sinduscon-SP), Haruo Ishikawa, pondera que o alto número de notificações está diretamente ligado a intensidade da fiscalização. “Nesses últimos dez anos, o setor que é mais fiscalizado é o da construção civil”, disse.

Segundo ele, as empresas e o próprio Sinduscon têm se esforçado para garantir a utilização dos equipamentos de segurança e repassar as orientações aos trabalhadores. “Eu tenho nas 13 regiões de São Paulo técnicos de segurança que vão às empresas para acompanhar o treinamento e orientar para a utilização de equipamentos de proteção individual e coletiva”, disse.

No entanto, Ishikawa ressalta que existem dificuldades devido a baixa escolaridade da mão de obra e alta informalidade no setor. “Com a informalidade você não consegue treinar esse pessoal. Mas quando ele sofre um acidente, ele entra na estatística”, acrescentou.

Acidentes com a mão

As ocorrências com as mãos sempre foram um dos principais tipos de acidente de trabalho, ressalta o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão, Marcelo Rosa de Rezende, com 30 anos de experiência na área.

“Antigamente, era quase uma rotina você dentro de um plantão receber um amputado da mão ou do punho”, lembra o médico, que chefia o grupo especializado em mão na área de traumatologia do Hospital das Clínicas, na capital paulista.

Apesar da melhoria dos sistemas de segurança e com o crescimento da mecanização, especialmente na indústria, Rezende explica que a mão é um membro que continua exposto em diversas atividades. “Seja para pegar os objetos em uma linha de montagem ou apertar um parafuso em um motor. A mão é o que de fato vai de encontro ao que você está fazendo”, enfatiza.

A partir do contato com os pacientes, o especialista acredita que a maior parte dos acidentes acontece quando os procedimentos para proteção do trabalhador não são levados em consideração. “Você conversando com eles, procurando entender o que aconteceu, em geral foi uma medida que não estava em conformidade. Ele foi mexer na máquina sem o mecanismo de travamento. Ou ele teve uma atitude intempestiva diante de uma situação que não era prevista”, exemplifica.

Condições de produção

Para o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Weller Gonçalves, as ocorrências graves com os trabalhadores, especialmente na indústria de transformação e construção civil, decorrem das condições de produção. “Do nosso ponto de vista, isso acontece principalmente como fruto da reestruturação produtiva. Antes no local onde trabalhavam três, trabalha um fazendo o serviço dos outros dois”, avalia, acrescentando que a pressão sobre os funcionários acaba aumentado a chance de fatalidades.

O problema é, na avaliação do sindicalista, que também faz parte do grupo setorial de segurança do trabalho da central sindical Conlutas, maior do que questões de infraestrutura nas fábricas e empresas. “Hoje, principalmente pela legislação e a fiscalização, as empresas dão o EPI [equipamento de proteção individual]”, disse.

Por outro lado, Gonçalves acredita que em muitos casos os empregados são submetidos a jornadas extenuantes. “Muitas vezes ele tem que fazer hora extra no sábado, domingo e feriado. Isso que vai gerar os acidentes”, acrescentou.

33 Comentários

  • I just want to say I’m new to blogs and really enjoyed you’re blog. Likely I’m planning to bookmark your website . You amazingly come with good articles. Thank you for revealing your blog.

  • Hi, simply discovered your own blog through Google, as well as discovered so that it truly is truly educational. I’m gonna stay attuned for this tool. Many thanks!

  • This site was… how do I say it? Relevant!! Finally I have found something which helped me. Thanks a lot.

  • I wish to point out my passion for your kind-heartedness giving support to men who have the need for assistance with this theme. Your very own dedication to passing the message all over appeared to be really beneficial and have usually encouraged women just like me to arrive at their dreams. This warm and helpful publication indicates so much a person like me and somewhat more to my office colleagues. Best wishes; from each one of us.

  • I have seen lots of useful points on your web-site about computer systems. However, I have the view that laptops are still less than powerful adequately to be a option if you normally do projects that require lots of power, just like video editing. But for net surfing, statement processing, and the majority of other popular computer functions they are fine, provided you may not mind the tiny screen size. Many thanks for sharing your thinking.

  • Hey there! I’ve been reading your web site for a long time now and finally got the bravery to go ahead and give you a shout out from Porter Tx! Just wanted to mention keep up the excellent work!

  • Good website! I truly love how it is simple on my eyes and the data are well written. I’m wondering how I could be notified whenever a new post has been made. I’ve subscribed to your RSS which must do the trick! Have a great day!

  • This site is known as a stroll-by way of for all of the data you wished about this and didn’t know who to ask. Glimpse here, and you’ll definitely uncover it.

  • Its good as your other articles : D, appreciate it for putting up. “So, rather than appear foolish afterward, I renounce seeming clever now.” by William of Baskerville.

  • Hi there very cool site!! Man .. Beautiful .. Superb .. I’ll bookmark your site and take the feeds additionally…I am glad to search out numerous helpful info right here in the submit, we want work out extra strategies in this regard, thanks for sharing.

  • I am not sure where you’re getting your info, but good topic. I needs to spend some time learning more or understanding more. Thanks for great info I was looking for this info for my mission.

  • I’ll immediately clutch your rss feed as I can’t to find your email subscription hyperlink or newsletter service. Do you’ve any? Please permit me recognize in order that I may just subscribe. Thanks.

  • I would like to thank you for the efforts you have put in writing this web site. I’m hoping the same high-grade web site post from you in the upcoming as well. In fact your creative writing abilities has inspired me to get my own site now. Really the blogging is spreading its wings fast. Your write up is a good example of it.

  • Sapid Agency is a Search Engine Optimization company in New York City that provides SEO Services. Their proprietary SEO strategies help struggling websites and aspiring business owners to rank their websites higher in multiple search engines like Google , Yahoo and Bing. They provide local and gmb map ranking for businesses in NYC and many other local areas. Find more at https://www.sapidagency.com/

  • Howdy very cool website!! Guy .. Beautiful .. Wonderful .. I will bookmark your site and take the feeds also…I’m happy to seek out so many helpful information here in the put up, we’d like develop extra strategies on this regard, thank you for sharing. . . . . .

  • whoah this blog is wonderful i love reading your articles. Keep up the good work! You know, many people are hunting around for this info, you could help them greatly.

  • Good – I should certainly pronounce, impressed with your web site. I had no trouble navigating through all tabs as well as related info ended up being truly simple to do to access. I recently found what I hoped for before you know it at all. Reasonably unusual. Is likely to appreciate it for those who add forums or something, web site theme . a tones way for your customer to communicate. Nice task.

  • I really enjoy reading on this web site, it holds excellent blog posts. “The living is a species of the dead and not a very attractive one.” by Friedrich Wilhelm Nietzsche.

  • Hello this is kind of of off topic but I was wondering if blogs use WYSIWYG editors or if you have to manually code with HTML. I’m starting a blog soon but have no coding know-how so I wanted to get advice from someone with experience. Any help would be enormously appreciated!

  • Sapid Agency is a Search Engine Optimization company in New York City that provides SEO Services. Their proprietary SEO strategies help struggling websites and aspiring business owners to rank their websites higher in multiple search engines like Google , Yahoo and Bing. They provide local and gmb map ranking for businesses in NYC and many other local areas. Find more at https://www.sapidagency.com/

  • Pretty nice post. I just stumbled upon your weblog and wanted to say that I’ve truly enjoyed browsing your blog posts. After all I’ll be subscribing to your rss feed and I hope you write again soon!

  • Having read this I thought it was really enlightening. I appreciate you spending some time and energy to put this informative article together. I once again find myself personally spending way too much time both reading and posting comments. But so what, it was still worth it!

  • A lot of the things you state is astonishingly accurate and that makes me ponder the reason why I had not looked at this in this light previously. This particular article really did turn the light on for me personally as far as this subject goes. But there is one issue I am not really too comfy with so while I try to reconcile that with the actual central theme of your point, let me observe what all the rest of your subscribers have to point out.Well done.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com