Economia: Decisão sobre planos fica para depois

6 de setembro de 2017

O Dia

– A expectativa é de que um acerto final seja obtido até o fim de setembro –

Rio – Acabou sem solução a reunião entre a Advocacia-Geral da União (AGU), a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e a Frente Brasileira pelos Poupadores (Febrapo) para discutir acordo a respeito das perdas provocadas nas cadernetas em função dos planos econômicos das décadas de 1980 e 1990.

De acordo com nota da AGU, na próxima semana haverá nova rodada de negociação para discutir os termos de possível acordo. Estão no escopo da negociação os planos Bresser, Verão, Collor 1 e Collor 2. Desde o ano passado, a AGU costura proposta de consenso entre as partes. 

A expectativa é de que um acerto final seja obtido até o fim de setembro. A expectativa é de que o acordo fique entre R$ 8 bilhões e R$ 16 bilhões. Apenas os poupadores que entraram com ação individual ou coletiva na Justiça antes da prescrição do prazo, que de 20 anos, serão beneficiados pelo acordo que deve ser fechado.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line