'Drone suicida' é desenvolvido pelo Irã para missões de ataque

AFP

– Invenção pode voar a 250 km/h, tanto a 900 metros de altura quanto a 50 centímetros do mar, o que a capacita para atacar um navio de guerra –

Irã – O Irã desenvolveu um “drone suicida” de alcance de 1.000 km, que pode ser utilizado em missões de vigilância e ataque sobre terra e mar, informou nesta quarta-feira a agência de notícias Tasnim, ligada aos Guardiões da Revolução, Exército de elite iraniano.

Este drone, que pode transportar cargas explosivas, mas não mísseis, dispõe de câmeras sofisticadas e tem a capacidade de voar à noite e alcançar alvos em terra e mar, segundo a Tasnim, que publica imagens do artefato pousado em terra.

A invenção pode voar a 250 km/h, tanto a 900 metros de altura quanto a 50 centímetros do mar, o que dá a ela a capacidade necessária para atacar um navio de guerra.


Outros destaques: