DPT nega que terceirizados da LC estejam sem receber salários

Em nota distribuída há pouco a assessoria de comunicação do Departamento de Polícia Técnica do Estado da Bahia rebateu informação do Sindicato dos Peritos Criminais segundo as quais terceirizados que trabalham no setor contratados pela empresa LC estão sem receber salários há três meses.

Segundo a nota, o contrato com a empresa LC expirou desde o último dia 26 setembro. O DPT, portanto, não mais possui vinculo com a empresa. O texto diz ainda que, em respeito à Lei Anticalote, a Polícia Técnica reteve as duas últimas faturas da LC para pagamento direto aos funcionários – uma delas já foi quitada e a outra está em fase de conclusão para pagamento.

O DPT informa ainda que todos os serviços funcionam com normalidade na capital e no interior da Bahia, não havendo paralisação.


Outros destaques: