Dirigente do Inter critica adiamento de rodada final do Brasileirão

30 de novembro de 2016

O Dia

– Fernando Carvalho afirmou que o clube já vive sua ‘tragédia pessoal’ –

Porto Alegre – A tragédia envolvendo a Chapecoense gerou uma grande mobilização entre todos os clubes brasileiros, que tentaram prestar apoio ao Verdão do Oeste, sugerindo medidas que garantam uma plataforma para reconstrução da Chape. A CBF também oficializou o adiamento da última rodada do Brasileirão. Porém, houve quem se manifestasse na contramão da solidariedade com o clube catarinense. O ex-presidente do Internacional e atual vice de futebol do clube, Fernando Carvalho, criticou a medida da principal entidade brasileira.

Fernando Carvalho, presidente do clube no período de 2003 a 2006, quando o Inter se tornou campeão mundial, afirmou que o clube já vive uma tragédia e reclamou do adiamento da rodada, afirmando que os colorados seriam prejudicados.

“Além do sentimento, da consternação que toma nossos jogadores, temos a nossa tragédia particular, que é fugir do rebaixamento. Esse adiamento de rodadas certamente vai ser prejudicial”, afirmou.

Após a comparação entre ‘tragédias’, o presidente chegou a tentar se corrigir, garantindo que o momento não é adequado para esse tipo de comentário. No entanto, acabou voltando a dizer que o adiamento trará problemas que terão que ser discutidos mais à frente.

“Eu não estou falando nisso porque como a consternação é geral e a solidariedade é unânime, não é hora de reclamar. Mas certamente esse adiamento vai trazer embaraços que, lá na frente, nós vamos ter que comentar”, declarou.

O Internacional vive situação delicada no Campeonato Brasileiro, ocupando a 17ª colocação, já dentro do Z-4. Mesmo vencendo sua última partida, contra o Fluminense, dependerá de uma combinação de resultados de Sport ou Vitória para não ser rebaixado.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line