Dilma caminha ao lado de Alice durante ato em defesa da democracia

A ex-presidente Dilma Rousseff desembarcou em Salvador na manhã de ontem para participar de uma caminhada em defesa da democracia, organizada pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, no Campo Grande. Na chegada, Dilma foi recepcionada pela deputada federal Alice Portugal (PCdoB), no aeroporto da capital baiana.

A petista aproveitou a visita para reforçar a campanha da comunista à prefeitura de Salvador e, consequentemente, atirar contra o principal adversário da sua aliada: o prefeito ACM Neto (DEM), que disputa a reeleição.  Durante o período da tarde, as ruas do Centro de Salvador ficaram lotadas para acompanhar o ato. Os militantes se concentraram ao redor do largo do Campo Grande. Por volta das 17h, Dilma chegou ao Campo Grande e foi recebida aos gritos de ‘olê, olê, olê, olá, Dilma, Dilma’.

Ao agradecer o apoio dos baianos, ao falar sobre as obras do metrô, obra do governo estadual, afirmou que ficou estarrecida de alguém anunciar que fez uma obra, quando não fez. Soube que tem a palavra em baianês que explica: ponga”, declarou, em referência ao programa eleitoral de Neto no rádio e na televisão, onde democrata diz que “colocou o metrô para andar”.

Mais além, disse que: “Quem é capaz de dar golpe e defender rupturas, perda de direitos trabalhistas, é capaz de mentir em qualquer circunstância. É um absurdo que alguém seja capaz de dizer que o metrô saiu de outras mãos que não foram as de Rui, Wagner e do governo federal, da minha gestão e de Lula”. 

“Mas, estou extremamente feliz de estar aqui, mais que feliz. Me senti hoje em Salvador uma pessoa abençoada, porque senti o amor, acolhimento, a energia dos baianos e me senti, por isso, muito baiana. Pode ter certeza. Tenho e sempre tive uma grande, uma enorme responsabilidade com a Bahia, porque a Bahia me deu o maior número de votos nas duas eleições que eu participei”, finalizou.

Em agradecimento, a candidata Alice Portugal reiterou que sempre esteve a favor de Lula e Dilma pela implementação das políticas públicas e pelos direitos sociais. “A sua palavra de apoio é estimulante e com a vinda dela acredito que vamos virar em direção à vitória”, afirmou.

“Essa mulher honrada sofreu um golpe, uma conspiração formada pela grande estrutura econômica brasileira ao lado da mídia corporativa e dos derrotados da última eleição. Vir saudar a presidente é como se nós estivéssemos lhe dando de volta a faixa presidencial que lhe foi tomada a força por golpistas que se instalaram no Planalto. É contra a perda dos direitos que vamos caminhar com os movimentos sociais”, continuou a comunista.

Ainda, Dilma aproveitou sua estadia na capital baiana e gravou programa eleitoral de Alice e almoçou com o governador Rui Costa. A ex-presidente seguiu em carro aberto acompanhada de Alice Portugal, do governador Rui Costa, de Jaques Wagner e de outros nomes do PT. “A presença de Dilma contagia e pode reverter a campanha de Alice. A minha expectativa é essa”, afirmou Wagner.

Adversários percorreram Salvador 

Candidato à reeleição, ACM Neto iniciou o dia com caminhadas nos bairros do Arraial do Retiro de Baixo e Palestina. Durante a tarde, Neto gravou horário político e logo em seguida visitou o bairro de São Cristóvão. Já a vice-prefeita, Célia Sacramento, andou pelas ruas de Paripe e cumpriu agenda administrativa. Á noite, ela participou de debate em uma emissora de televisão. Marcaram presença também Cláudio Silva, Fábio Nogueira, Alice Portugal, Pastor Isidório e Rogério da Luz. 

Antes de participar do debate, Cláudio Silva visitou os bairros de Pau da Lima e São Marcos. Já Fábio Nogueira, esteve em um condomínio residencial em Cassange e se reuniu com equipe de campanha. Pastor Isidório caminhou pelas ruas do Bairro da Paz e cumpriu atividade parlamentar. Já Rogério da Luz passou o dia reunido com sua equipe de coordenação de campanha.  


Outros destaques: