Daniel Alves será o capitão da seleção na Copa América

O treinador da seleção brasileira, Tite (Adenor Leonardo Bacchi), escolheu o lateral direito Daniel Alves para ser o capitão da equipe nos dois jogos amistosos – contra o Catar, no dia 5 em Brasília; e contra Honduras no dia 9 em Porto Alegre – e durante a Copa América.

Daniel Alves, com 36 ano de idade, é o jogador mais velho e com o maior número de convocações (138) do atual grupo de 23 atletas chamados para a competição. Ele foi campeão da Copa América em 2007 e da Copa das Confederações em 2009 e 2013.

Daniel Alves foi campeão da Copa América em 2007 e da Copa das Confederações em 2009 e 2013

Daniel Alves foi campeão da Copa América em 2007 e da Copa das Confederações em 2009 e 2013 – Lucas Figueiredo – CBF

De acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), “a última vez que o lateral-direito usou a braçadeira foi na vitória por 1 a 0 contra a Alemanha, em março de 2018, coincidentemente sua última partida pela seleção antes da lesão que o retirou da Copa da Rússia”.

O Brasil estreia na Copa América contra a Bolívia, no dia 14 de junho, às 21h30, no Estádio do Morumbi, em São Paulo. O jogo marca a abertura da competição, que vai até 7 de julho, com a partida final marcada para o Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Sustentabilidade

Nos dois jogos amistosos, contra o Catar e Honduras, a CBF promoverá ações de sustentabilidade alinhada à política nacional de resíduos sólidos. A intenção é coletar e reaproveitar 20 toneladas de resíduos nas duas partidas. Segundo a entidade, 25 cooperativas de Brasília e Porto Alegre estarão envolvidas. Com 142 catadores trabalhando nos dois estádios.

Segundo a CBF, 25 cooperativas de Brasília e Porto Alegre estarão envolvidas nas duas partidas. Com 142 catadores estarão nos dois estádios

Segundo a CBF, 25 cooperativas de Brasília e Porto Alegre estarão envolvidas nas duas partidas, com 142 catadores nos dois estádios – Ricardo Stuckert – CBF

“É feita ainda uma inclusão sócio produtiva com a utilização de catadores locais. Para os amistosos em Brasília e Porto Alegre, cerca de 25 cooperativas das duas cidades devem ser envolvidas. Eles receberão luvas de proteção, uniforme, ajuda de custo para transporte, lanche e uma diária, além de ficar com todo o material recolhido como doação”, informou a CBF.

 

*Com informações da CBF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com