Crivella diz que vídeo polêmico de encontro com empresários foi editado

O Dia

– Candidato do PRB diz pode ajudar a ‘cuidar da Zona Sul’, vitrine da cidade. Anfitrião afirma que festa em seu apartamento foi invadida por penetras –

Rio – O candidato do PRB à Prefeitura do Rio, Marcelo Crivella, disse por meio de sua assessoria que o vídeo que circula na Internet em que ele promete cuidar da Zona Sul foi editado. Na gravação, feita durante um encontro entre o senador e empresários em Ipanema, Crivella diz que poderá explicar seu plano de maneira legítima às “classes mais populares”.

“Eu posso prestar um grande serviço. Pelo meu perfil, por eu ser evangélico, por eu ter grande penetração nas classes mais populares, poderei explicar a eles de maneira legítima o nosso plano, que é de cuidar da Zona Sul. E dizer ao povo lá de trás, vaciná-los, para não vir aquele discurso que desconstrói a política, que o Crivella ganhou com os pobres para fazer pelos ricos. Não. Isso aqui é a nossa vitrine”, diz Crivella no vídeo.

O encontro de Crivella com empresários ocorreu em 13 de outubro, no apartamento de Ricardo Rique. O anfitrião afirmou que fez a festa a pedido de Ricardo Amaral. “Não sou político. Fiz o evento para o Crivella debater suas propostas. Não vou nem votar Invadiram minha casa, já que não era evento público”, disse. Segundo Rique, não houve qualquer confusão nem percebeu a presença de nenhum penetra na festa. Ele também não notou que estavam sendo filmados. “Estava na minha casa para ouvir proposta de um candidato. Não era nada demais para virem com toda malícia. Por isso não percebemos nada”.

Vídeo foi editado, diz assessoria de Crivella

A assessoria de Crivella afirmou que o vídeo publicado pela Mídia Ninja foi editado. “O candidato Marcelo Crivella esteve num evento de campanha e não pode ser responsabilizado pela lista dos convidados. Não pode também pré-julgar ninguém. Quanto ao discurso, a fala é óbvia. A Zona Sul atrai turistas, paga impostos altos e deve ser vista ‘com especial cuidado’ para que o Rio volte a gerar empregos e renda para toda a população”.

O vídeo teve 640 mil visualizações até o inicio da tarde desta quarta-feira, 26.


Com informações do Estadão Conteúdo


Outros destaques: