Confronto perturba paz do domingo na Rocinha

1 de outubro de 2017

Rio de Janeiro - O terceiro dia de ocupação das tropas federais na Rocinha começou com aparente tranquilidade neste domingo (24). Sem tiroteios desde a tarde de sábado, a população ficou mais confiante e saiu para

Policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPCHq) vasculham o localVladimir Platonow/Agência Brasil

A comunidade da Rocinha, situada na zona sul da capital fluminense, foi agitada hoje (1º) pela manhã por um breve confronto na Rua 1, com policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPCHq) que estão vasculhando o local. A informação é da assessoria de imprensa da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ). Não foi relatada a ocorrência de vítimas nem de feridos.

Segundo a corporação, mais de 500 policiais militares atuam em 15 pontos de cerco e 14 pontos de contenção no interior da comunidade, além do patrulhamento das tropas especiais. Considerada uma das maiores favelas da América Latina, a Rocinha conta também com bases avançadas do Comando de Operações Especiais (COE) e do Comando de Polícia Pacificadora (CCP).

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line