Como se preparar para o Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) recebeu mais de 9,2 milhões de inscrições de estudantes e candidatos que desejam aprovação nas universidades públicas, institutos federais e faculdades.

A quase duas semanas da prova, que serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro, os candidatos começam a ficar ansiosos. Como lidar com as emoções envolvidas nessa fase? Quais os cuidados e atenção para os dias que antecedem a prova?

Lívia Vieira, psicóloga do Hapvida, explica que a falta de planejamento e organização, o excesso de cobrança tanto dos familiares, amigos, quanto cobrança pessoal, são alguns dos fatores que podem atrapalhar e piorar os níveis de ansiedade e estresse antes da prova.

“Essa ansiedade pode gerar muitos prejuízos e diminuir a capacidade de concentração e raciocínio. Como consequência, o aluno poderá ter um baixo desempenho na avaliação”, analisa a psicóloga.

Na reta final de estudos, tirar algumas horas para o lazer e relaxamento, são formas de aliviar o nervosismo prévio. “Pode ser um passeio, cinema, praia, até conversar com alguém querido durante algumas horas, ao menos”, diz a psicóloga.

Alguns candidatos se rendem a “aulões” e maratonas para aprender e revisar algum conteúdo. Para isso, Lívia recomenda atenção para o ambiente de estudos: “É necessário que o estudante, se possível, escolha um ambiente arejado, com boa iluminação, organizado e com a menor quantidade possível de estímulos visuais e auditivos que favoreçam a desconcentração”, reforça.

Porém é importante identificar que o estudo excessivo, com períodos de descanso insuficientes e uma alimentação deficitária, contribuem bastante com o aumento da ansiedade nesta fase. “Esta é uma fase que o candidato precisa estar e ser consciente do próprio limite. É hora de priorizar, nesta fase, a resolução de exercícios e controle do tempo. Nestes momentos finais de preparação, é imprescindível confiar e acreditar em si e na sua capacidade, não desistir diante dos fracassos, fazer dos obstáculos degraus para o sucesso, cultivar pensamentos positivos”, afirma Lívia.

Cuidados com a alimentação

De acordo com a nutricionista do Hapvida, Débora Lima, a alimentação é um ponto a mais para ter atenção ao se preparar para a prova. “Uma alimentação adequada garante energia suficiente para manter-se concentrado e assim fazer uma boa prova. Uma má alimentação rica em gorduras e açucares pode provocar desconfortos abdominais, sonolência, dificultando assim a concentração para realizar as provas”, afirma.

Nos dias e momentos antes da avaliação, Débora indica que os participantes devem tomar um café da manhã reforçado, com pães integrais e cereais integrais, que são fontes de carboidratos mais complexos. “A digestão é mais demorada, por isso, esses alimentos mantém o corpo ligado por mais tempo, o que é ideal no contexto do Enem”, explica.

Para o almoço, é fundamental evitar refeições pesadas. O ideal é fazer uma refeição leve, com alimentos que façam parte de sua dieta habitual. “Uma boa opção de almoço para o dia é arroz, feijão, carne magra e salada, em quantidades reduzidas, para não pesar no estômago e produzir sonolência durante o exame”, afirma a nutricionista.

Durante a prova, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais libera o consumo de lanches ou alimentos rápidos e práticos. Para isso, a nutricionista indica barrinhas de cereais por serem pequenas, leves e energéticas. Frutas e biscoitos integrais também são indicados.

“O ideal é evitar chocolates, que são uma fonte de gordura. Caso não consigam evitar, o ideal é que sejam do tipo meio amargo, com 50% ou mais de cacau na sua formulação”, afirma Débora. Outro ponto importante a prestar atenção é a hidratação que é fundamental, mas em quantidade moderada, para não dar vontade excessiva de ir ao banheiro. “Água mineral, água de coco e isotônicos são os mais indicados”, indica a nutricionista.

O que fazer nos dias anteriores ao Enem?

— Faça questões anteriores, cronometrando o seu tempo

— Descanse a mente junto aos amigos e à família

— Durma bem – e cedo

— Alimente-se bem, respeitando os horários das refeições

— Simule o trajeto até o local de prova. Verifique se o local é de fácil acesso

— Cheque documentos e materiais antes de sair de casa


Outros destaques: