Como organizar o tempo com a chegada de um novo bebê

Toda mãe que trabalha fora ou em home office trava desafios diários para que as 365 tarefas planejadas sejam completadas com sucesso.

Imagine ter que reorganizar o tempo e as tarefas diárias para a chegada de um novo bebê? O impacto destas mudanças trazidas por esta nova etapa deve ser sempre positivo. Entretanto, as modificações realizadas podem facilmente se transformar em pesadelo e o ambiente doméstico virar um caos por falta de organização e planejamento.

Uma das famílias que está passando por esta readaptação neste momento é a da consultora em Administração de Tempo e coaching de Organização Pessoal, Joana D’arc Souza, que é casada, mãe de Sophie Aimée, de 2 anos, e está grávida de Claire, que nasce em outubro. Jornalista por formação, Joana começou a empreender em 2015, quando com criou a Organize-se Consultoria, pela qual presta os serviços de Consultoria em Administração de Tempo e Coaching de Organização Pessoal. É também co-autora do livro Coaching para Mulheres e colunista do Blog Mais Tempo.

Na entrevista a seguir a consultora Joana D`arc explica como gerenciar melhor o tempo com a chegada de um novo bebê em casa e ainda dá dicas de recursos práticos que podem ajudar a organizar as tarefas diárias. Boa leitura!

Mãe 2.0 Beta: Joana, você pode dar algumas dicas para as mamães que estão grávidas novamente, assim como você, e que precisam organizar melhor seu tempo?

Joana D’arc Souza: É preciso ter planejamento, foco, antecipação e calma. É o que tenho percebido na minha vivencia pessoal e profissional. Para uma mãe que trabalha planejar pensar em uma tarefa de cada vez é fundamental, pois assim você prioriza as tarefas de acordo com a data e a importância delas. Por exemplo: Sophie Aimée vai completar três anos no dia 7 de novembro e a Claire estará recém-nascida nesta data. Após o chá de bebê, realizado no dia 6 de agosto, já comecei a pensar na comemoração de aniversário da Sophie.

Minha intenção é estar com tudo resolvido até o parto, mesmo sendo apenas um bolo em Casa. Já estou adiantando todas as entregas de exames e os meus compromissos profissionais. O enxoval da Claire já está lavado, passado e na gaveta desde semana passada, só falta montar as malas da maternidade. Já resolvemos até a rotina de Sophie para a volta as aulas até o fim do ano letivo.

A calma é a parte mais difícil para mim, pois como já estou com quase 8 meses, tenho preparativos do parto e trabalho. Fora as tarefas da casa, o que tenho aprendido muito é a respeitar o meu tempo e tempo do meu corpo. Se estou cansada ou indisposta, vou me esforçar para não me cobrar demais. Tento fazer as tarefas por etapas. Quando se tem um planejamento mínimo, ganhamos em margem de manobra. Agosto foi mês de férias olímpicas aqui no Rio de Janeiro e ainda tive que ficar a Sophie em casa. Quase surtei (risos). A sorte é que meu esposo também teve férias no mesmo período. O fato é que quase não trabalhei, pois tinha de priorizar as tarefas mais urgente. Mas deu tempo de planejar as tarefas profissionais de setembro até o parto.

Mãe 2.0 Beta: Como gerenciar seu tempo sendo mãe, empreendedora e esposa?

Joana D’arc Souza: Com um bom planejamento, que começa com o agendamento dos compromissos fixos e rotina para encaixar as tarefas esporádicas. Não se pode esquecer de incluir um tempo para si mesma, como uma ida a manicure, um banho demorado ou uma ida ao cinema. A palavra-chave é priorização. Pense no que realmente é importante para você hoje e agende seus compromissos de acordo com isso, ainda que tenha de dizer alguns nãos. Use o seu tempo de forma útil e prazerosa para si mesma.

Mãe 2.0 Beta: Quais recursos podem me ajudar a organizar as tarefas diárias?

Joana D’arc Souza:  Existem várias formas de organização de tarefas: agenda de papel, quadro branco, post it, evernote, todolist, etc. O que não falta hoje são opções. Sempre recomendo encontrar a mais adequada ao seu estilo de vida e modo de ser. É uma questão de experimentar e avaliar.

Mãe 2.0 Beta: Como organizar uma agenda?

Joana D’arc Souza: Primeiramente é preciso ter clareza dos horários de todos na casa, para ai sim começar a planejar sem conflitar as agendas especialmente nas situações que demandem algo relacionado a criança (pediatra ou dentista) ou a casa (encanador ou eletricista). No caso de impossibilidade de atender, pense nas soluções e na viabilidade de uma terceira pessoa ajudar. Centralizar as informações ajuda bastante, quanto mais espalhado, pior. Escolha o melhor recurso para você e sua família.

Mãe 2.0 Beta: Na sua opinião, as mães modernas estão sabendo melhor gerenciar o seu tempo?

Joana D’arc Souza: Boa pergunta! Acredito que sim, embora perceba nas amigas, clientes e em mim mesma que mesmo nos “desdobrando” ainda há uma auto cobrança muito forte. Digo que maternidade e culpa “andam de mãos dadas” porque se estamos cansadas no fim do dia e não damos atenção às crianças nos sentimos mal. E se damos atenção a ela, mas não fazemos o jantar, por exemplo, nos culpamos também. Acredito que a grande questão não é gerenciar bem o tempo, mas a nós mesmas. É preciso que saibamos o que realmente queremos para a nossa vida e para a nossa família. É fundamental priorizar o que é importante para a gente e se importar menos com julgamentos alheios.


Outros destaques: