"Com Neto, as pessoas vão ter a cidade que sonharam", diz vereador Eliel

Em seu primeiro mandato como vereador de Salvador, quando assumiu em 2015 após ter ficado como 1° suplente do PV, Eliel Sousa conversou com a Tribuna e fez uma avaliação dos quase dois anos atuando na casa. Candidato à reeleição, durante a conversa ele falou ainda sobre a gestão do prefeito ACM Neto e o que deve ser colocado como prioridade para a capital baiana pelo próximo gestor. “Desde que ele [ACM Neto] assumiu você vê as pessoas falando do prefeito nas ruas. Outro dia ele fez uma carreata aqui em São Cristóvão e eu brinquei com ele de que saiu uma pesquisa com 73% de indicações de voto e a gente avalia que é de 99% porque as pessoas saem de suas casas para ver o prefeito, dizer que está com o prefeito. Ele trabalhou muito”, afirmou o vereador. Confira entrevista completa:

Tribuna da Bahia – Como o senhor avalia o seu próprio mandato e o que coloca como prioridade para a população?
Eliel Sousa –
Temos alguns projetos, algumas indicações que o prefeito ACM Neto construiu. São três unidades de Saúde da Família, que já começaram as construções, um em Jaguaribe I, outro no Conjunto Habitacional de São Cristóvão. Os outros projetos lançados, acho que o prefeito vai olhar com carinho na próxima legislatura, pois são diferentes. A nossa ideia é uma faculdade na qual o povo não precise pagar o Fies do próprio bolso. O Fies está aí e as pessoas de baixa renda, depois de formada, as vezes não conseguem emprego e têm que pagar. A nossa ideia com a faculdade pública municipal é de que essas pessoas recebam uma bolsa integral, uma parceria com as universidades que já existem em Salvador e com a prefeitura. A ideia é de que as pessoas se formem e vão procurar seus empregos sem ter que pagar do próprio bolso. Acho que isso foi uma das conquistas que vamos ganhar na próxima gestão do prefeito ACM Neto. Temos o projeto do bicicletário. Vamos colocar bicicletários nas estações de transbordo. Em apenas um ano e meio de mandato apresentamos mais de 100 projetos na Câmara, e todos os projetos foram aprovados. Acho que a gente foi bem nesse um ano e meio. 

Tribuna da Bahia – Como o senhor avalia a gestão do prefeito ACM Neto?
Eliel Sousa –
Positiva. Desde que ele assumiu você vê as pessoas falando do prefeito nas ruas. Outro dia ele fez uma carreata aqui em São Cristóvão e eu brinquei com ele de que saiu uma pesquisa com 73% de indicações de voto e a gente avalia que é de 99% porque as pessoas saem de suas casas para ver o prefeito, dizer que está com o prefeito. Ele trabalhou muito. Essa região do Aeroporto, onde eu moro, ganhou muito, teve o Mercado de Itapuã, escolas reformadas, Upas… A Upa do Parque São Cristóvão foi a única coisa que ele prometeu fazer aqui em São Cristóvão em 2012 e ele construiu. Já fez escolas, Unidade de Saúde da Família, Unidade Básica de Saúde, já falou que vai construir o Mercado de São Cristóvão… É um prefeito que trabalha muito e que eu acho que o povo de Salvador vai dar a resposta no dia dois de outubro, elegendo o melhor prefeito do Brasil. Ele vai ser o prefeito mais votado, junto com o vereador Eliel. 

Tribuna da Bahia – Diante de tantas carências, o que deve ser colocado como prioridade para o próximo prefeito?
Eliel Sousa –
A questão da mobilidade ainda é um problema. A questão da saúde também, avançamos muito, mas ainda falta fazer algumas coisas e com as construções dessas Unidades Básicas de Saúde espalhadas para a cidade acho que resolve o problema. Já na mobilidade, com o BRT a gente resolve essa questão. Acho que saúde e transporte devem ser colocados na próxima gestão. Além de programas sociais, como a faculdade municipal, que eu falei antes.  As pessoas não podem pagar a faculdade, as pessoas de baixa renda se inscrevem nos cursos e desistem porque não conseguem pagar. Acho que no próximo mandato o prefeito ACM Neto resolve essas questões tranquilo e as pessoas vão ter a cidade que sonharam,  uma cidade maravilhosa de se viver. 

Tribuna da Bahia –  Com as mudanças na legislação eleitoral, como está sendo a campanha para o senhor, sobretudo no quesito arrecadação?
Eliel Sousa –
Nossa arrecadação está sendo muito baixa porque está sendo através dos amigos. Sobre essa mudança na legislação, acho que para a gente não há problema. Para quem é de comunidade carente, que chegou sem dinheiro não muda muita coisa. Muda para quem tem muito dinheiro e não está podendo gastar. Nós estamos tranquilos, já não tínhamos mesmo e conseguimos fazer nossas campanhas. Eu estou muito feliz pois tenho recebido o carinho de muitas pessoas e a nossa caminhada está boa, sem dinheiro, de pessoa humilde, carente, mas tranquila. Eu acho que vai dar certo. 

Tribuna da Bahia – O senhor acha que este cenário de crise que atravessa o país já está impactando nas eleições aqui na Bahia?
Eliel Sousa –
A crise está impactando em todo o país. Quando a gente chega nas ruas, em nossas caminhadas  nos bairros, eu que sou uma pessoa de um lugar carente, e nos lugares que atuo como Marechal Rondon e Rio Sena, as pessoas pedem empregos, querem trabalhar, são 14 milhões de desempregados. A crise atingiu todo o país e a Bahia não é diferente. Temos que trabalhar para frente, para mudar.   

Tribuna da Bahia – Como o senhor avalia a Câmara de vereadores na atual legislatura?
Eliel Sousa –
Eu acho que nestes dois anos, 2015 e 2016, a Câmara ganhou muito, muita produtividade, projetos votados a favor da cidade, tanto a situação como oposição, tiveram alguns debates. Conseguimos montar projetos de leis e foi muito produtivo, muito positivo na minha opinião. 


Outros destaques: