Chapecoense não terá o apoio da torcida

A Chapecoense sofreu uma dura punição na decisão da Terceira Comissão do STJD – Superior Tribunal de Justiça Desportiva. O clube catarinense terá que fazer dois jogos com portões fechados, foi multado em R$ 20 mil e ainda teve o técnico Caio Júnior suspenso por quatro jogos no Brasileirão. 

No jogo de sábado, contra o Vitória, válido pela 28ª Rodada da Série A, o time catarinense não terá o apoio da sua torcida nas arquibancadas da Arena Condá, nem as orientação do técnico Caio Junior no banco de reservas.

De acordo com a decisão do STJD, o time foi punido porque jogadores xingaram a arbitragem ao fim do jogo com o Palmeiras, no dia 4 de agosto, em duelo válido pela 18ª rodada, disputado na Arena Condá, em Chapecó. A partida terminou empatada por 1 a 1. O time sofreu a punição pela suspeita de que os torcedores, por estarem vestidos com agasalhos da Chapecoense, seriam funcionários do clube. A defesa do time catarinense afirmou que eram todos apenas torcedores.

A chapecoense é um jogo “chave” para o Rubro-negro baiano, na luta contra o Z-4, e jogar na Arena Condá sem o apoio da torcida catarinense é um fator positivo para o Vitória lutar por um triunfo decisivo fora de casa neste sábado à tarde. Um dos “segredos” do técnico Argel Fucks foi praticamente dobrar a carga de trabalho com os jogadores.

A Comissão Técnica definiu a programação de preparação do time para jogar contra a Chapecoense. A reapresentação está marcada para esta terça-feira. O grupo treina terça pela manhã, quarta à tarde, e quinta, novamente pela manhã, com embarque à tarde para Chapecó.  
A Chapecoense ocupa a 11° posição do Campeonato Brasileiro da Série A. 
 


Outros destaques: