Cetesb identifica espuma que invadiu córrego em Salto

A espuma mal cheirosa que invadiu um córrego da cidade de Salto, no interior paulista, ontem (5), foi identificada pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) como resultado de resto de produtos utilizados para fabricar sabão em pó. O material estava no pátio de uma indústria química, localizado no bairro da Olaria, e teria escoado para o Rio Tietê e em seguida para o córrego do Ajudante.

“Com a chuva, o produto atingiu o sistema de drenagem e posteriormente o córrego. A companhia está avaliando as medidas administrativas que serão aplicadas em razão da infração ambiental”, disse a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente/Cetesb por meio de nota.

Na manhã de hoje (6), a espuma já havia se dissipado e levada pela correnteza.

A prefeitura de Salto foi procurada, mas a reportagem não conseguiu contato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com