Brasil lamenta acidente aéreo em Cuba

O governo brasileiro lamentou o acidente aéreo ocorrido hoje (18), no final da manhã, em Cuba. Em nota, o Ministério das Relações Exteriores prestou solidariedade às famílias das vítimas.

Dos 113 passageiros e tripulantes que estavam no Boeing-737-200, apenas três sobreviveram.

“O governo brasileiro tomou conhecimento, com consternação, da queda de aeronave civil ocorrida hoje, 18 de maio, em Havana, Cuba, que ocasionou a morte de mais de uma centena de pessoas, e apresenta suas sentidas condolências às famílias das vítimas e expressa solidariedade ao povo cubano”, diz a nota do Itamaraty.

Apesar de não haver informações sobre brasileiros entre as vítimas, o Itamaraty acompanha a situação. “A Embaixada do Brasil em Havana segue acompanhando a situação, em coordenação com as autoridades cubanas. Até o momento, não há notícias de brasileiros vitimados.”

Apenas três mulheres sobreviveram à queda do Boeing. No avião, estavam 104 passageiros, inclusive um bebê de 2 anos, e quatro crianças, além de nove tripulantes. Não há informações sobre as causas do acidente.