Bovespa e PIB registram baixa após impeachment

31 de agosto de 2016

O Dia

– A nova queda é a sexta consecutiva, sempre em relação ao trimestre anterior –

Rio – O mercado ficou confuso  com o procedimento da votação do impeachment de Dilma Rousseff. O Índice Bovespa fechou o dia em baixa de 1,15%, aos 57.901,10 pontos e R$ 8,61 bilhões em negócios. A culpa foi atrelada à separação em duas etapas do processo de votação, além da insuficiência de votos para garantir a inelegibilidade da petista em eleições subsequentes.

O Banco Central, pela nona vez consecutiva, não alterou os juros básicos da economia. O Comitê de Política Monetária (Copom) deixou a taxa Selic em 14,25% ao ano, uma decisão esperada por analistas, que também acreditam na preservação desta taxa até o fim do ano. Os juros básicos estão assim desde julho do ano passado. Com a nova decisão, a taxa equivale ao mesmo percentual de outubro de 2006.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou ontem, por meio das Contas Nacionais Trimestrais, a retração de 0,6% do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre, em comparação com os três primeiros meses de 2016.

A nova queda é a sexta consecutiva, sempre em relação ao trimestre anterior. Portanto, o último aumento apresentado pelo PIB brasileiro foi no quarto trimestre de 2014, quando variou 0,3%.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line