Bolsonaro chega hoje a Brasília para novas reuniões

20 de novembro de 2018

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, chega hoje (20) a Brasília para ficar três dias. Ele vai conversar com a procuradora-geral, Raquel Dogde, visitar o Tribunal de Contas da União e a Controladoria-Geral da União. Há ainda a previsão de encontro com os governadores do Nordeste e reuniões no gabinete de transição.

O presidente eleito Jair Bolsonaro fala à imprensa durante o evento Grand Slam de Jiu-Jitsu na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

O presidente eleito Jair Bolsonaro – Tomaz Silva/Arquivo Agência Brasil

Bolsonaro conversará com o ministro da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, pois uma das hipóteses que analisa é incorporar parte da CGU ao Ministério da Justiça. O juiz federal Sergio Moro, confirmado para Justiça, está em Brasília e pode acompanhá-lo nesse encontro.

Como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), oferece hoje um jantar a parlamentares, a expectativa é de que Bolsonaro esteja presente.

Transição

Haverá também reuniões com o ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, e representantes da Associação das Santas Casas do Brasil, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).

Também há horários marcados com o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Raimundo Carreiro, e a procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

Amanhã (21), Bolsonaro deve se reunir com os nove governadores eleitos e reeleitos do Nordeste. O grupo é liderado pelo governador do Piauí, Wellington Dias (PT). O Nordeste é a região majoritariamente governada pela oposição. Em reunião na semana passada, em Brasília, apenas Dias esteve presente, alegando problemas de agenda dos demais.

Primeira-dama

Pela primeira vez desde a eleição, Michelle Bolsonaro, que é de Brasília, virá à cidade. Ela e Bolsonaro são convidados para um casamento que ocorrerá na quinta-feira (22) em Brasília.

Paralelamente, Michelle deve visitar a Granja Torto, que servirá de residência oficial temporária para a família até a posse no dia 1º de janeiro, e se encontrar com Marcela Temer, atual primeira-dama. A agenda ainda está sendo organizada.

Na sexta-feira (23) o presidente eleito irá, por volta das 9h30, para São Paulo, onde será submetido, ao meio-dia, a uma bateria de exames no Hospital Albert Einstein, para a retirada da bolsa de colostomia. A cirurgia para remoção da bolsa está prevista para 12 de dezembro. 

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com