Biro Biro concorre ao prêmio de melhor jogador da Segunda Divisão da China

O Dia

– Vice-artilheiro da competição tem como adversários Luis Fabiano e Sun, do campeão Tianjin Quanjian –

China – Em sua primeira temporada fora do país, o atacante Biro Biro, do Shanghai Shenxin, está concorrendo ao prêmio de melhor jogador do Campeonato Chinês da Segunda Divisão, que terminou no último final de semana. Ex-Fluminense, Ponte Preta e Nova Iguaçu, ele tem como adversários o brasileiro Luis Fabiano e o chinês Sun Ke, do campeão Tianjin Quanjian.

Apesar de sua equipe ter terminado apenas na nona colocação, Biro Biro brilhou e terminou como vice-artilheiro do campeonato, com 18 gols, atrás apenas de Luis Fabiano (22). Ele contribuiu também com sete assistências. O Shanghai Shenxin, por sinal, teve o segundo melhor ataque da competição (54 gols), atrás apenas do campeão (61).

O prêmio de melhor jogador do Campeonato Chinês da Segunda Divisão (conhecido por lá como League One) é dado pela própria Federação Chinesa de Futebol e será pelo voto popular – a votação está sendo feita por meio de um aplicativo na China e se encerra no próximo dia 3, quinta-feira.

“Foi uma experiência muito diferente para mim. Estou com apenas 21 anos e sair do Brasil para jogar num outro país com uma cultura totalmente diferente, estilo de jogo… Mas graças a Deus tudo correu muito bem. Consegui me adaptar bem, tive o apoio da direção do clube e fiz grandes jogos. A torcida gritava meu nome. Foi muito legal”, afirmou Biro Biro.

Rebaixado no ano passado, o Shanghai Shenxin passou grande parte da temporada brigando na parte de baixo da tabela, mas o clube conseguiu uma grande reação depois da chegada do também brasileiro Davi, meia ex-Coritiba, que marcou nove gols. Biro Biro também teve o auxílio do nigeriano Daniel Chima, que fez 11 gols.

“A vinda do Davi no meio do campeonato foi fundamental. Tivemos alguns problemas na defesa, mas nosso ataque funcionou muito bem. Esse foi o grande motivo para não termos chegado mais longe no campeonato, essa falta de equilíbrio. De qualquer maneira, serviu como aprendizado para nos fortalecermos para a próxima temporada”, avaliou o camisa 10.

Outra curiosidade é que o Shanghai Shenxin venceu os dois jogos que fez contra o campeão Tianjin Quanjian, que tem os brasileiros Luis Fabiano, Geuvânio (que marcou nove gols) e Jadson (autor de seis gols) em seu elenco. No primeiro jogo, o Tianjin ainda era dirigido por Vanderlei Luxemburgo. A partir de junho, o italiano Fabio Cannavaro assumiu o time.

A Segunda Divisão do Campeonato Chinês ganhou muita repercussão depois da contratação de atletas brasileiros e também de grandes nomes fora das quatro linhas. Além de Luxemburgo e Cannavaro, o ex-craque holandês Clarence Seedorf comandou o Shenzhen FC a partir de julho, mas sua equipe terminou apenas


Outros destaques: