Bebianno: Bolsonaro quer ir a Brasília iniciar processo de transição

28 de outubro de 2018

O presidente do PSL e um dos principais coordenadores da candidatura de Bolsonaro, Gustavo Bebianno, disse na noite de hoje (28) que o objetivo é iniciar a transição de governo o quanto antes, inclusive com a ida do presidente eleito, Jair Bolsonaro, a Brasília assim que possível. Um dos telefonemas de felicitações que Bolsonaro recebeu neste domingo foi do presidente Michel Temer, que disse que a transição começa nesta segunda-feira (29) na capital federal.

“O Brasil entra em uma nova era, em um novo momento, e o país deve progredir bastante no próximo mandato. A gente vai se recompor para preparar a transição a partir da próxima semana. Bolsonaro disse que gostaria de ir à Brasília para começar logo o trabalho. Mas, talvez, por recomendação médica, seja bom ele descansar mais uma semana”, disse Bebianno.

O presidente do PSL, Gustavo Bebianno, e integrantes do partido falam sobre a ida de Jair Bolsonaro ao segundo turno eleitoral, no hotel Windsor, Barra da Tijuca.

O presidente do PSL, Gustavo Bebianno – Fernando Frazão/Agência Brasil

Advogado por formação, o presidente do PSL disse que o país precisa, a partir de agora, se unificar e se pacificar. “Da nossa parte, estamos abertos ao diálogo. O presidente governará para todos”. As declarações foram feitas em entrevista a jornalistas que aguardavam Bebianno no hotel que serviu como uma das bases de campanha, próximo à casa de Bolsonaro, na Barra da Tijuca

Trump

Bebianno comemorou o telefonema do presidente dos EUA, Donald Trump, para o presidente eleito  na noite deste domingo e apontou uma tendência de maior aproximação entre os dois maiores países das Américas.

“Foi um telefonema de cortesia, para dar os parabéns e desejar felicidades, num sinal de proximidade entre o nosso grande parceiro comercial, que serão os Estados Unidos”, disse.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com