Bandidos 'proíbem' assaltos em área do tráfico de Niterói

O Dia

– Cartazes foram colados em várias ruas –

Rio – A Polícia Civil investiga a origem de cartazes espalhados no Centro de Niterói, onde traficantes do Morro do Estado proíbem roubos nos arredores da comunidade. De acordo com o jornal ‘O São Gonçalo’, a ordem teria partido do chefão do tráfico na região, Wallace Araújo Torres, o Anão, preso há dois anos.

Assinado pela ‘Diretoria’, os cartazes estavam colados próximo à Praça do Rink, local de grande movimento em Niterói. Um dos avisos foi afixado no poste das ruas Quinze de Novembro e Doutor Borman. Traficantes afirmam que é proibido roubar cidadãos, comércios, celulares, carros e motos. No fim do comunicado, ainda ordenam que os moradores sejam respeitados.

O coronel Fernando Salema afirmou que é preciso confirmar se os cartazes são verdadeiros, porque ele viu apenas por fotografia. “Se obedecerem a ordem que está no cartaz, eu vou espalhar pela cidade e, inclusive, colocar na porta da minha casa”, comentou o oficial. Ele diz que o policiamento no Centro de Niterói conta com 20 PMs do Batalhão de Grandes Eventos.

Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) do Rio mostram que na área da 76ª DP (Niterói) foram registrados 1.332 roubos de janeiro a setembro deste ano. O delegado Gláucio Paz afirma que já existe um inquérito apurando o tráfico no Morro do Estado. Em dois anos, a equipe da unidade já prendeu mais de 15 lideranças da comunidade.


Outros destaques: