Bahia quer o recorde de público na Série B

O Bahia tem o melhor aproveitamento como mandante nesta Série B do Campeonato Brasileiro de 2016, mas perde para o Ceará no item de melhor média de público. No jogo de amanhã à noite, contra o Criciúma, válido pela 28ª Rodada, o time baiano quer bater o recorde de público e renda para manter sua condição de melhor mandante com um triunfo sobre os catarinenses, e com o apoio do seu 12º jogador, a fiel torcida Tricolor, assumir também a condição de melhor média de público entre os 20 times que disputam a competição da CBF.

Em 13 jogos disputados em Salvador, na Arena Fonte Nova, o Bahia levou mais de 167 mil torcedores às arquibancadas, o que garante uma média de 12 mil 771 pagantes por partida, ficando atrás da torcida cearense que tem a média de 13 mil 293 pagantes. Como a expectativa é de quebra do maior público do ano, de 35 mil 760 pagantes, no jogo Bahia 1 x 0 Vasco, o Tricolor deve passar, de sobra a média do Ceará nesta Série B.

A venda dos ingressos para esta partida começou desde a terça-feira, e com promoção para motivar ainda mais a torcida Tricolor. As pessoas que comprarem o bilhete pela internet terão 50% de desconto para qualquer setor, exceto o Lounge Premium, que é válida até o dia da partida. As outras opções para o torcedor são os balcões da Ticketmix dos shoppings Salvador e da Bahia, quatro lojas da Casa do Tricolor e nas bilheterias do estádio. O ingresso mais barato, para o setor Super Sul, é vendido a R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira). Crianças com idade até 11 anos, 11 meses e 29 dias não pagam a entrada. 

O TIME 
O técnico Guto Ferreira fez um trabalho intensivo no CT do Fazendão, mas sem contar com o atacante Edigar Junio, que foi poupado em virtude de um cansaço muscular, mas com a presença do atacante Victor Rangel, que não treinou na terça-feira. 

O treinador observou o time com Muriel, Eduardo, Tiago, Jackson e Moisés; Luiz Antônio, Juninho e Renato Cajá; Allano, Wesley Natã e Hernane. Mas o trabalho final será realizado esta tarde, às 15 horas, no campo do jogo, na Arena Fonte Nova.

Um time com a volta de Eduardo à lateral-direita, voltando de suspensão automática do 2º cartão amarelo, contra o CRB, e provavelmente com Edigar Junio, que segundo informações, foi apenas poupado dos trabalhos de ontem para tratamento específico de recuperação no Departamento Médico.


Outros destaques: