Atlético PR passa fácil pela Ponte Preta e se aproxima do G4 na Série A

Com dois gols do zagueiro Thiago Heleno, o Atlético-PR venceu a Ponte Preta por 3 a 0 neste domingo pela manhã, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com um jogador a mais na maior parte do segundo tempo, o time da casa soube construir o resultado sem dificuldades. 

Com a vitória, o Atlético-PR chegou à quinta colocação provisoriamente, com 42 pontos. Na próxima rodada, sábado que vem, visita o Santos para um duelo direto na briga pelo G4. A Ponte Preta, por sua vez, parou no oitavo lugar, com 39 pontos, e recebe o Atlético-MG no sábado que vem.

No primeiro tempo deste domingo, as duas equipes mostravam pouca disposição em campo, as jogadas de perigo eram raras e somente aos 12 minutos, em um contra-ataque com Maycon que Thiago Heleno tirou em cima da linha, a Ponte criou uma chance de gol.

As duas equipes mostravam pouca eficiência ofensiva até que aos 44, Lucas Fernandes tentou jogada individual e foi derrubado por João Vítor. Thiago Heleno cobrou o pênalti com força e abriu o placar.

Na segunda etapa, as duas equipes voltaram mais ligadas e aos 11, Luan tocou para Lucas Fernandes, que acertou um chute na trave. Dois minutos depois, William Pottker, que havia entrado segundos antes, agrediu Luan e foi expulso, deixando a Ponte Preta com um a menos.

O Atlético-PR, então, aproveitou para deslanchar. Aos 22, ampliou, após jogada individual pela direita de Léo, que deixou o marcador para trás e chutou no canto direito de Aranha.

A partir daí, o time da casa teve o controle da partida e aos 33 minutos, Lucas Fernandes cruzou e Thiago Heleno cabeceou no ângulo esquerdo de Aranha para fechar o placar. A Ponte mostrava pouco poder de ataque e coube ao Atlético-PR administrar o resultado.

Ficha do jogo

Atlético-PR – Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas; Otávio, Rossetto, Lucho González (João Pedro), Pablo e Lucas Fernandes (Giovanny); Luan (Marcão). Técnico: Paulo Autuori.

Ponte Preta – Aranha; Jefferson, Antônio Carlos, Fabio Ferreira ( Douglas) e Reinaldo; João Vítor, Maycon e Thiago Galhardo; Clayson (Wellington Paulista), Felipe Azevedo (William Pottker) e Roger. Técnico: Eduardo Baptista.

Gols – Thiago Heleno, aos 46 minutos do primeiro tempo. Léo, aos 22, e Thiago Heleno, aos 33 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Nielson Nogueira Dias (PE).

Cartões amarelos – Léo, Thiago Heleno, Roger, Clayson, Reinaldo e Antônio Carlos.
Cartão vermelho – William Pottker.
Renda – R$ 175.410
Público – 11.527 pagantes.


Outros destaques: