Argel pede para Moro investigar arbitragens

“Quem sabe a gente traz o Moro para tomar conta e as coisas podem melhorar. Senão vai continuar acontecendo isso aí, erro em cima de erro. E o campeonato perde credibilidade”.

Prejudicado, diante de tanta incompetência, denúncias, impunidade, desmandos, suspeitas de manipulação e corrupção no trágico futebol brasileiro, o técnico Argel Fucks reagiu após o Vitória ter sido duramente prejudicado pela arbitragem no empate de 2 a 2 contra o Fluminense, clamando por uma intervenção do Juiz Sérgio Moro, que através da Lava Jato e outras investigações, vem mudando e abrindo perspectivas de um Brasil melhor num futuro próximo. 

“Precisamos ter coerência. Por isso o Brasil está do jeito que está. Ou o Brasil muda, dá condições ao árbitro, tira uma fatia do direito da televisão e repassa ao árbitro… Mas não pode acontecer o que está acontecendo. Não foi apenas um jogo. São muitos erros, erros fáceis que são muito simples, não precisa ter tecnologia, entrar imagem. Lance simples fora da área” desabafou Argel Fucks. Como diria o jornalista Boris Casoy, “Isso é uma vergonha”.

Depois de um final de semana de folga geral, sábado e domingo, a reapresentação do Vitória está marcada para esta segunda-feira, às 16 horas, quando o técnico Argel Fucks iniciará a preparação para o time enfrentar o Atlético do Paraná, domingo, dia 6, às 17 horas de Brasília (16 horas em Salvador), no Estádio Barradão, em Salvador. O volante Marcelo está suspenso pela 3ª advertência do cartão amarelo, mas Fucks tem a opção da volta do meia José Welison e do atacante Zé Love neste jogo pela 34ª Rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Depois de ficar três jogos longe dos gramados para se recuperar de uma lesão muscular, Marinho voltou contra o Fluminense, marcou o gol do empate, e foi um dos destaques do jogo. “Vamos conseguir a vitória diante do Atlético do Paraná. É importante, e esse é o meu futebol. Assim que eu vou continuar, sempre querendo evoluir. É isso aí. Bola para frente”, disse, otimista, “DiMarinho”, como é carinhosamente chamado pela torcida, o principal jogador do Vitória, que na sua volta ao time quebrou uma sequencia de quatro jogos sem gols.
 


Outros destaques: