Arafat tinha vida de turista na Costa Verde

2 de dezembro de 2016

Guilherme Santos

– Traficante ficou uma semana hospedado em pousadas de Angra, com a namorada –

Rio – Uma semana curtindo a vida de turista numa das regiões mais paradisíacas do Rio, com direito a passeios de lancha e hospedagem em diferentes pousadas. Tudo isso acompanhado de uma namorada. Assim foram os últimos dias de liberdade do chefe do tráfico Carlos José da Silva Fernandes, o Arafat, de 38 anos, preso quarta-feira, na Avenida Brasil, quando voltava de Angra dos Reis, na Costa Verde. Ele estava a caminho do Complexo da Pedreira, em Costa Barros, onde comandava a quadrilha da facção Amigos dos Amigos (ADA).

“A maioria das lideranças de organizações criminosas adota esse comportamento, quando está longe das áreas de seu domínio territorial. Eles alternam, diariamente e sempre no período noturno, seu local de repouso, preferencialmente em hotéis e pousadas”, disse Carlos Eduardo Rangel, delegado-adjunto da Central de Garantias e responsável por ouvir o depoimento de Arafat ontem na Cidade de Polícia.

Arafat disse que alugou uma lancha em Angra no dia 23, uma semana antes de ser preso, e passava quase o dia inteiro no mar, junto com a suposta namorada. Quando anoitecia, o casal escolhia uma pousada para dormir. A mulher não estava com o traficante quando o carro dele foi abordado por PMs, na altura de Irajá.

O delegado Maurício Mendonça, titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), disse que Arafat dava as ordens e autorizava que seus ‘soldados’ cometessem crimes como roubo de cargas ou caixas eletrônicos. A Secretaria de Segurança informou que vai pedir a transferên cia dele para um presídio federal fora do Rio.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com