Ao não admitirem críticas, partidos agem contra democracia, diz Moraes

20 de setembro de 2018

Em sessão plenária do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Alexandre de Moraes, que também compõe o Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que os partidos políticos agem de modo antidemocrático ao sobrecarregarem a Justiça com pedidos de resposta e de retirada do ar de conteúdos críticos a seus candidatos nas eleições.

Moraes fez a advertência no decorrer do julgamento de três pedidos de direitos de resposta ou de retirada de conteúdos dos programas veiculados no rádio e na TV por candidatos e partidos na disputa presidencial. “A reiteração desses julgados de hoje me preocupa”, disse Moares.

O ministro ressaltou que os mesmos partidos que há 30 anos lutaram para incluir na Constituição garantias à liberdade de expressão e de imprensa, “hoje não admitem a mínima crítica, da imprensa, dos meios de comunicação, dos programas humorísticos, aos seus candidatos. Não importa a ideologia, de A a Z”.

“Isso é a negativa total da democracia”, acrescentou Moraes. “Há, após as eleições, de se fazer uma reflexão geral de todos os partidos democratas, que lutaram pela democracia, que esse é o preço da democracia.”

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com