Acre tem 26 detidos após ataques em represália ao bloqueio de sinais telefônicos

7 de agosto de 2017

Estadão Conteúdo

– Foram apreendidos celulares utilizados para comunicação com os presos, garrafas de gasolina e entorpecentes –

Acre – A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Acre informou que 26 pessoas foram presas após ataques pelo Estado em represália ao bloqueio de sinais telefônicos no Complexo Penitenciário Francisco D’Oliveira Conde Na noite de sábado e na manhã de ontem, foram identificados dez focos de incêndio, sendo três no interior e sete em Rio Branco, dos quais cinco contra ônibus.

Dez focos de incêndio ontem e no sábado%2C cinco deles contra ônibus

Dez focos de incêndio ontem e no sábado%2C cinco deles contra ônibus

Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros

“A situação está controlada, mediante a ação das forças de segurança pública, que estão em campo, para prevenir e reprimir as práticas criminosas, além do constante monitoramento realizado pelo serviço de Inteligência”, afirma a publicação no Facebook da Secretaria. Foram apreendidos celulares utilizados para comunicação com os presos, garrafas de gasolina e entorpecentes.

Ainda de acordo com a Segurança Pública, o policiamento também foi reforçado nos presídios do Estado. Vinte e dois presos foram enviados para o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), devido a envolvimento nos ataques. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PM está dentro do complexo penitenciário e o governo solicitou o reforço de 400 policiais militares, civis e bombeiros.

“Já prendemos 13 pessoas, só em Rio Branco, e não vamos nos curvar a qualquer tipo de organização criminosa”, disse o secretário de segurança pública, Emylson Farias. 

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line