Acompanhe os destaques do 4º dia do Fórum Mundial da Água

A oitava edição do Fórum Mundial da Água chegou ao quarto dia com mais de 70 mil visitantes. Em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional de Brasília, o diretor executivo do evento, Ricardo Andrade, agradeceu a população de Brasília pela participação e compartilhamento de suas experiências sobre recursos hídricos no Fórum.

Creative Commons – CC BY 3.0Diretor do FMA faz balanço do evento no Dia Mundial da Água

Esta é a oitava edição do Fórum Mundial da Água, realizado a cada três anos em um país diferente. A primeira ocorreu em 1997, em Marrakesh, no Marrocos, e a última em 2015, em Daegu, na Coreia do Sul. Ao todo, representantes de 175 países participam do encontro. A 8ª edição do fórum inclui mais de 300 mesas de debate, restrita aos inscritos, além de programação paralela aberta ao público. O evento, que é o maior do mundo para debates relativos à água, segue até sexta-feira (23) no Brasil. O encontro deste ano traz o tema “Compartilhando Água”. 

Relatório Mundial da Água

No dia em que se celebra o Dia Mundial da Água, a Organização das Nações Unidas (ONU) lançou o Relatório Mundial da Água, que apresenta dados sobre a quantidade e a qualidade de água no planeta. O relatório ainda mapeia os locais em que houve o aumento desse consumo e onde há risco de escassez. Saiba detalhes na reportagem do Repórter Brasil:

Defesa de indígenas

Para os povos indígenas a água é um elemento sagrado e que precisa ser protegido esse foi o tom da sessão realizada nesta quarta-feira, no Fórum Mundial da Água, sobre Culturas de água dos povos indígenas da América Latina. O destaque foi a importância das comunidades tradicionais na proteção dos recursos hídricos. Ouça a reportagem na Radioagência Nacional.

Protesto

Cerca de 100 integrantes de organizações não governamentais (ONGs) ligadas a causas ambientais fizeram um ato, nesta quinta-feira, em frente ao Congresso Nacional, para alertar sobre o uso da água e a necessidade de saneamento no país. O grupo ergueu no gramado central um vaso sanitário inflável de 12 metros de altura e estendeu uma bandeira, de 750 metros quadrados, com os símbolos da SOS Mata Atlântica, entidade responsável pela iniciativa. Leia mais na Agência Brasil.

Manifestantes inflam vaso sanitário gigante para cobrar saneamento no país

Creative Commons – CC BY 3.0Manifestantes inflam vaso sanitário gigante para cobrar saneamento no país. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

Viva a floresta!

(…)” Eu sou a grande floresta eu vim me apresentar”

Como é bom ouvir Erivane Laranjeira cantar a Floresta do Tapajós. Até porque como diz a ecopedagoga Vera Lessa Catalão, que é doutora em Água e Educação na  Universidade de Brasília (UnB): água é floresta, floresta é água!

O programa Viva Maria também celebrou o Dia Mundial da Água nesta quinta-feira com uma homenagem à floresta.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com