ACM Neto evita falar de política no carnaval e diz que antes beijava muito

28 de fevereiro de 2017

Durante o carnaval o prefeito de Salvador, ACM Neto, evitou falar de política. Para ele, o que interessa é a festa, seja para falar de números, balanço e até sobre estar solteiro e curtir a folia.

Sobre as táticas de paquera no carnaval, Neto diz que enquanto prefeito não pode sair por aí “beijando todo mundo”. “Eu posso falar do passado. Antigamente eu usava muitos colares do Filho Gandhy e funcionava. Hoje eu estou solteiro, mas prefeito não pode sair beijando todo mundo por aí. Se eu pudesse curtir como folião, a tática seria a mesma", disse.

A respeito da música do Carnaval, diz estar muito feliz por ter cerca de 10 sucessos concorrendo, mas que sua opinião ainda  é segredo. “Muito bom ter dez músicas estouradas, isso é ótimo para nós e nossos artistas. Vamos aguardar as pesquisas porque ainda está muito dividido, mas minha música preferida ainda é segredo”, disse .

Mortes e violência no carnaval

O prefeito afirma que houve uma redução de 25% nos casos mais graves – que geram uma atenção especial por parte da segurança pública do município – em relação a 2016.

Sobre as três mortes do circuito da folia, Neto ‘joga a bola’ para o Governo do Estado. “A questão da segurança pública precisa ser respondida oficialmente pelo Governo do Estado e pela Secretaria de Segurança.  Mas o que ouvi do secretário é que os casos serão apurados e os esclarecimentos prestados”.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line