A Palinha do Apolinho: o bafo que vem debaixo

7 de agosto de 2017

O Dia

– Pior do que perder é ouvir a torcida furiosa protestando e ofendendo a todos quantos sentenciava como responsáveis pelo vexame –

Rio – Pior do que perder é ouvir a torcida furiosa protestando e ofendendo a todos quantos sentenciava como responsáveis pelo vexame. Foi o que aconteceu no Urubuzão no início da tarde de ontem. O Vitória, então penúltimo colocado no Brasileiro, vencia o Flamengo por 2 a 0 sem levar sustos, enquanto na arquibancada ecoavam os gritos de “Fora Zé Ricardo” e “Time Sem Vergonha”. O que se viu foi de dar pena. Um time desorganizado, desorientado, incapaz de se impor ao visitante, que jogava como se estivesse na Bahia comendo acarajé. Nem para fazer os gols o Vitória precisou de muito esforço. No primeiro, William Arão deu presente para que Yago chutasse cruzado do bico da grande área batendo Diego Alves. No segundo, Réver, atrasado, fez pênalti, que Neilton bateu — e o ‘Rei do Pênalti’ não pegou. O Flamengo, que já tinha dado adeus à possibilidade de conquistar o título, começou a sentir o bafo quente vindo de baixo, da zona de rebaixamento.

Torcida do Flamengo protesta após derrota

Torcida do Flamengo protesta após derrota

Foto: Marcelo Bertoldo / Agência O Dia

FOI VALENTE

Jair Ventura escalou o Botafogo com oito reservas na tentativa de equilibrar o grupo para encarar a maratona de jogos em três competições: Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores. E se deu bem. O Cruzeiro teve o domínio, criou oportunidades, mandou duas bolas na trave, mas não conseguiu o objetivo. O empate sem gols foi um prêmio a um time valente, que soube se defender e, no fim, quase venceu com Marcos Vinícius perdendo chance clara na frente de Fábio.

PEDALADAS

Como o que está ruim às vezes piora, o Fla perdeu Diego e Everton, dois dos seus melhores jogadores, que, suspensos, não enfrentarão o Atlético-MG, domingo.

No primeiro jogo sem Neymar, o Barcelona enfrentará nesta segunda a Chapecoense na disputa do Troféu Joan Gamper. Já pensou se a Chape faz uma graça?

Everton e Muralha decidiram sair do Urubuzão de carro e foram hostilizados. A Polícia teve que agir.

BOLA DENTRO

O Corinthians surpreende e vira o turno líder, invicto, com 47 pontos dos 57 possíveis. Uma campanha memorável, que deixa a Fiel empolgada.

BOLA FORA

O São Paulo foi a Salvador e perdeu para o Bahia por 2 a 1. E só fez gol graças a pênalti inexistente. O time segue na degola, com atuações abaixo da crítica.

Leia também...

Loading...
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Leitores On Line