Agência BR - Vídeo com enfermeiros ‘forjando’ casos de coronavírus em SP é falso

Vídeo com enfermeiros ‘forjando’ casos de coronavírus em SP é falso

Últimas notícias -

Uma notícia falsa circulou pelas redes sociais em que um vídeo com imagens de enfermeiros e médicos preparando uma maca com tela de isolamento em uma rua serviriam para alertar para supostos casos de inflação de números de coronavírus, doença causada pelo novo coronavírus, em São Paulo. O vídeo completo se referente a um caso do México e mostra uma pessoa acometida pela Covid-19, levada ao isolamento por uma ambulância.

 

Segundo as publicações, o homem é um trabalhador de Tuxpan, no estado de Veracruz, no México, que estava com suspeita de coronavírus – Foto: Reprodução/Facebook/ND

Um homem com roupas pretas aguarda em pé a preparação da maca ao lado do veículo. Quando tudo está pronto, ele se deita e é colocado na parte de dentro da ambulância.

Mensagens que acompanharam o vídeo na internet diziam se tratar de um caso forjado de coronavíru em São Paulo para aumentar os números de mortes registrados no estado.

A versão do vídeo que circula nas redes sociais tem a imagem ampliada, mostrando apenas a ambulância. Na internet, porém, há uma versão completa do vídeo. Ele foi publicado por veículos jornalísticos mexicanos em maio e mostra a cena completa.

Segundo as publicações, o homem é um trabalhador de Tuxpan, no estado de Veracruz, no México, que estava com suspeita de coronavírus. As imagens registram o momento em que a equipe de saúde municipal realiza seu transporte para um hospital municipal.

A confirmação de que, no Brasil, se tratava de uma notícia falsa veio também por meio de uma publicação de uma das autoridades do país.

O presidente municipal, espécie de prefeito, Juan Antonio Aguilar Mancha, fez uma publicação em suas nas redes sociais parabenizando os envolvidos na ação de levar o homem para o isolamento.

“Após várias horas de espera, a equipe municipal de saúde teve que colocar tudo em primeiro lugar para salvaguardar a vida de um ser humano. Talvez alguns critiquem, mas é melhor fazê-lo do que não.”

Na mensagens falsas, a informação que acompanhava o vídeo era de que “o estado mais rico do Brasil”, referindo-se a São Paulo, tem “um dos maiores números de mortes por milhão de habitantes do país” e que isso é causado pela inflação das notificações.


Fonte: Com Agências

 


 Leitores On Line