Agência BR - Motorista que atropelou casal de haitianos em Araquari é indiciado por três crimes

Motorista que atropelou casal de haitianos em Araquari é indiciado por três crimes

Últimas notícias -

O motorista que atropelou um casal de haitianos, matando um homem e provocando um aborto no final de dezembro de 2019, em Araquari, Norte do Estado, foi indiciado três crimes.

 

Motorista não prestou atendimento e apagou faróis para não ser reconhecido – Foto: Corpo de Bombeiros/Reprodução/ND

O inquérito foi concluído e o homem foi indiciado por homicídio, tentativa de homicídio e aborto. O caso aconteceu na madrugada de 23 de dezembro, quando o casal Sajos Francesca e Alfred Polynice andavam pelo acostamento da rodovia SC-A280A, no bairro Itinga, e foi atingido com violência. Alfred foi arrastado por cerca de 50 metros, não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

O motorista não prestou atendimento e, segundo a Polícia Civil, teria ainda apagado os faróis para não ser identificado enquanto seguia pela rodovia após atropelar o casal. Sajos, que estava grávida de seis meses, foi socorrida e encaminhada em estado grave ao hospital. Dias depois, ela perdeu o bebê.

 

Alfred não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente – Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação/ND

Depois de iniciadas as investigações, o carro foi localizado pela Polícia Militar. Ele estava escondido em uma residência, coberto para que os danos causados pelo acidente não ficassem aparentes.

O veículo foi apreendido pela Polícia Civil, que ainda realizou a análise de câmeras policiais instaladas próximas ao local do acidente. As imagens foram claras: não havia qualquer outro veículo no momento do atropelamento.

O Ministério Público já ofereceu denúncia pelos três crimes apontados pela Polícia Civil.


Fonte: Com Agências